Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/15664
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_HenriqueMarinelli_tcc.pdf23,81 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Projeto gráfico da série Por onde começar?
Autor(es): Marinelli, Henrique
Orientador(es): Santos, Fátima Aparecida dos
Assunto: Projeto gráfico
Design gráfico
Cinema
Cultura popular
Música
Data de apresentação: Jul-2016
Data de publicação: 11-Jan-2017
Referência: MARINELLI, Henrique. Projeto gráfico da série Por onde começar? 2016. 59 f., il. Monografia (Bacharelado em Desenho Industrial)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Existem filmes que devem ser assistidos e álbuns que devem ser ouvidos. Verdadeiros clássicos, que alguém desconheça, estará pecando contra o patrimônio cultural da sociedade moderna. Porém em muitos casos, por inúmeras razões, algum filme ou disco escapou, ou pior, uma discografia ou filmografia inteira lhe é estranha. Mas e ai, quem poderá ajudar numa situação dessas? O projeto “Por Onde Começar?”. Sim! Com o título mais autoexplicativo de todos os tempos, essa série de livretos vai tornar as mais consagradas obras da cultura pop, acessíveis a um novo consumidor. O presente trabalho relata justamente o desenvolvimento do projeto gráfico da série “Por onde Começar?”
Abstract: There are movies that must be seen and albums that must be listened. True classics, that if unknown, one will be sinning against the cultural patrimony of modern society. But, in many cases, for many reasons, a movie or an album is skipped, or even worst, a whole discography or filmography is totally strange to you. Then you ask: who’s going to help me in such a situation? The project ”Por onde começar?” Yes! With the most self-explanatory title of all times, this series of booklets will turn the most consecrated pieces of pop culture accessible to a new consumer. The present work reports the development of the graphic project of the ”Por onde começar?”series.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Departamento de Desenho Industrial, 2016.
Aparece na Coleção:Desenho Industrial - Programação Visual



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons