Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/15587
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_HenriqueFernandesPires_tcc.pdf1,91 MBAdobe PDFver/abrir
Título: A relação entre a política monetária e a dívida pública na economia brasileira : olhares sobre o impacto das LFTs
Autor(es): Pires, Henrique Fernandes
Orientador(es): Ramos, Carlos Alberto
Assunto: Política monetária
Inflação
Títulos públicos
Dívida pública
Data de apresentação: Jun-2016
Data de publicação: 9-Jan-2017
Referência: PIRES, Henrique Fernandes. A relação entre a política monetária e a dívida pública na economia brasileira: olhares sobre o impacto das LFTs. 2016. 63 f., il. Monografia (Bacharelado em Ciências Econômicas)-Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Desde 2010, a inflação brasileira, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, se encontra acima do centro da meta de 4,5% a.a. estabelecido pelo Conselho Monetário Nacional. Esse fato pode ser uma consequência de uma política monetária pouco eficiente, devido a possíveis obstruções de seus canais de transmissão na economia. Este trabalho buscará explicar a operacionalização da política monetária brasileira, tal como seus principais instrumentos e mecanismos de propagação, assim como abordará as diversas explicações para sua baixa eficiência. Dentre os diversos motivos destacados pela literatura, esta monografia terá como foco a existência das LFTs, títulos públicos pós-fixados atrelados à taxa básica de juros, a Selic, que parecem obstruir o canal do Valor dos Ativos. Por fim, será analisado, por meio de um vetor auto regressivo estrutural (SVAR), o impacto desses títulos sobre a eficiência da política monetária.
Abstract: Since 2010, the brazilian inflation rate, measured by the IPCA index, remains above the inflation rate target of 4,5% per year, settled by the brazilian National Currency Board (CMN). This fact may be a consequence of an inefficient monetary policy, due to possibles obstructions of its transmission channels in the economy. This paper aims to explain how the brazil’s monetary policy works, as well as to approach some of the many explanations for its low efficiency. Among many reasons highlighted by the literature, this monograph will be focused on the LFTs, federal bonds with floating rate indexed to the short-term interest rate (Selic), which existence seems to obstruct the monetary policy Asset Prices transmission channel. Lastly, the impacts of these bonds on the monetary policy efficiency will be empirically analized through a Scructural Vector Autoregression model (SVAR).
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, 2016.
Aparece na Coleção:Ciências Econômicas



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons