Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/15537
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_TalesRamosMonteiroDosSantos_tcc.pdf464,05 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Ambientes virtuais de aprendizagem são instrumentos de inclusão escolar de um aluno surdo na universidade?
Autor(es): Santos, Tales Ramos Monteiro dos
Orientador(es): Caixeta, Juliana Eugênia
Assunto: Ensino superior
Surdos - educação
Inclusão escolar
Ambientes virtuais de aprendizagem
Educação à distância
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 6-Jan-2017
Referência: SANTOS, Tales Ramos Monteiro dos. Ambientes virtuais de aprendizagem são instrumentos de inclusão escolar de um aluno surdo na universidade? 2015. 42 f. Monografia (Especialização em Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar)—Universidade de Brasília, Universidade Aberta do Brasil, Brasília, 2015.
Resumo: A presente pesquisa surgiu com inquietações e questionamentos sobre a inclusão escolar no âmbito do ensino superior a distância, na Universidade de Brasília. Foi objetivo geral verificar a percepção de um estudante surdo e de seus professores sobre a inclusão escolar através do Ambiente Virtual de Aprendizagem, no Curso de Letras, da Universidade, na modalidade a distância. Ao propor a inclusão escolar de estudantes surdos, a deficiência auditiva deve ser colocada com base no diálogo e na vivência do estudante, com práticas e estratégias significativas para que ele consiga interagir com o grupo através de recursos pedagógicos diferenciados. Nos Ambientes Virtuais de Aprendizagem, esses recursos requerem adaptação nos materiais por meio da Língua Brasileira de Sinais. Para a investigação do presente estudo, utilizaram-se questionários para a coleta de dados. No entanto, eles não foram respondidos pelos participantes, ainda que o pesquisador tentasse diferentes estratégias de contato com os participantes. Diante do não resultado, evidenciado pelo silêncio dos participantes, algumas reflexões foram levantas como a questão do bilinguismo, fazendo com que o estudante com deficiência auditiva não necessitasse de Atendimento Educacional Especializado no Curso de Letras e que a inclusão escolar no nível superior, dentro da Universidade de Brasília, precisa ser debatida e dialogada para que ela não seja uma questão distante ou, supostamente, ignorada frente ao silêncio dos participantes da pesquisa.
Abstract: This work emerged from the concerns and questionings about educational inclusion in distance higher education at the University of Brasília. The general objective was to verify the perception of a hearing impaired student and his teachers about educational inclusion through a virtual learning environment at the distance Languages Undergraduate Course at the University. When proposing educational inclusion to hearing impaired students, the impairment must be understood based on the dialog and the student’s experience, with meaningful practices and strategies so that he/she may interact with the group through specific didactical resources. In virtual learning environments, these resources require adaptation of contents through the use of the Brazilian Sign Language. Questionnaires were used to collect data in this research; however, they were not answered, despite the researcher’s different trials to contact participants. Facing the lack of answer, evident by the participants’ silence, some reflections were made about bilingualism, making the hearing impaired student not need specialized educational counseling, and about the fact that educational inclusion at the University of Brasília needs to be debated and dialoged for it not to be a far-away, or supposedly, ignored matter, as evidenced by the silence of the participants.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2015.
Aparece na Coleção:Desenvolvimento Humano, Educação e Inclusão Escolar



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons