Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/15437
Título: A abordagem da mídia sobre a lei de anistia após a Comissão Nacional da Verdade
Autor(es): Santos, Nara Menezes
Orientador(es): Marques, Márcia
Assunto: Justiça de transição
Mídia e política
Anistia
Comissão da Verdade
Ditadura e ditadores
Data de apresentação: Jun-2016
Referência: SANTOS, Nara Menezes. A abordagem da mídia sobre a lei de anistia após a Comissão Nacional da Verdade. 2016. 40 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Comunicação Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: A Comissão Nacional da Verdade representou um marco para as políticas de memória sobre a ditadura civil-militar brasileira, iniciada em 1964. A partir da perspectiva da justiça de transição, este trabalho analisa a forma como a mídia construiu a memória coletiva referente ao período citado, em particular ao debate acerca da validade da Lei de Anistia. A Análise de Conteúdo foi a metodologia utilizada para explorar as matérias produzidas em jornais impressos e online na semana subsequente à entrega do relatório final da Comissão da Verdade, que recomendava o afastamento da anistia em casos de violações de direitos humanos. O trabalho demonstra os sentidos construídos pela mídia para desvalorizar o afastamento da Lei de Anistia como caminho para o fortalecimento da democracia.
Abstract: The National Truth Comission represented a milestone for the politics of memory on the Brazilian civil-military dictatorship, which began in 1964. From the transitional justice perspective, this paper analyzes how the media constructed the collective memory of the mentioned period, in particular the debate about the validity of the Amnesty Law. Content Analysis was the methodology used to explore the materials produced in newspapers and online in the week following the delivery of the final report of the Truth Commission, which recommended the removal of amnesty in cases of human rights violations. The work demonstrates the meanings constructed by the media to devalue the removal of the Amnesty Law as a way to strengthen democracy.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Departamento de Jornalismo, 2016.
Aparece na Coleção:Comunicação - Jornalismo

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_NaraMenezesSantos_tcc.pdf569.52 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons