Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/15378
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_HellenDiasAureliano_tcc.pdf982,99 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Inflação no Brasil : algumas considerações
Autor(es): Aureliano, Hellen Dias
Orientador(es): Amado, Adriana Moreira
Assunto: Crescimento econômico
Moeda
Inflação (Brasil)
Política monetária
Data de apresentação: Abr-2016
Data de publicação: 2-Jan-2017
Referência: AURELIANO, Hellen Dias. Inflação no Brasil: algumas considerações. 2016. 55 f., il. Monografia (Bacharelado em Ciências Econômicas)-Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Apesar de existir um novo consenso na política monetária a respeito da neutralidade da moeda, pelo menos no que se trata ao longo prazo, ainda existem controvérsias a respeito da observação dos resultados das políticas monetárias no crescimento da economia. Nesta monografia procura-se constatar se a Teoria da Neutralidade da Moeda se verificou nos últimos cinquenta anos de políticas econômicas aplicada para crescimento da economia ou estabilização monetária no Brasil. Para isto, é feita uma explanação das principais correntes que abordam o tema, como as consideradas ortodoxas, que defendem a Neutralidade da Moeda e as correntes mais heterodoxas, em principal a keynesiana, que se opõe às outras, além de uma análise histórica do país, sempre apurando os números do crescimento econômico, junto com taxa de inflação e políticas adotadas. No entanto, percebe-se que apesar de ser verificada uma relação entre as políticas monetárias aplicadas com os números do crescimento econômico no Brasil, não é possível afirmar que esta relação se dá por longo prazo ou até mesmo que tal relação é independe de variáveis outras.
Abstract: Although there is a new consensus on monetary policy regarding the neutrality of money, at least when it comes to long-term, there is still controversy regarding the observation of the results of monetary policy on economic growth. This monograph seeks to see if the theory of Neutrality of Money was found in the last fifty years of economic policies applied to economic growth and monetary stability in Brazil. For this, an explanation is made of the main streams on the topic, such as the orthodox ones considered defending the Neutrality of Money and the most heterodox streams mainly the Keynesian one, which is opposed to the other, and a historical analysis of the country always investigating the numbers on the economic growth along with inflation and policies adopted. However, it is clear that, despite being verified a relationship between monetary policies applied to the figures of economic growth in Brazil, it is not possible to say that this relation is long-term or even that such a relationship is independent of other variables.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Economia, 2016.
Aparece na Coleção:Ciências Econômicas



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons