Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/1533
Título: Mudanças estruturais e administrativas e vivências de prazer e sofrimento no trabalho no âmbito da coordenadoria de taquigrafia de uma organização do Poder Judiciário Federal
Autor(es): Moura, José Teixeira
Orientador(es): Siqueira, Marcus Vinícius Soares
Assunto: Psicodinâmica do trabalho
Trabalho - aspectos psicológicos
Satisfação no trabalho
Desenvolvimento organizacional
Data de apresentação: 2009
Data de publicação: 21-Fev-2011
Referência: MOURA, José Teixeira. Mudanças estruturais e administrativas e vivências de prazer e sofrimento no trabalho no âmbito da coordenadoria de taquigrafia de uma organização do Poder Judiciário Federal. 2009. 58 f. Monografia (Especialização em Gestão Judiciária)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: O presente trabalho pretende analisar as mudanças estruturais e administrativas implantadas na coordenadoria de taquigrafia de uma organização do Poder Judiciário Federal e as vivências de prazer e sofrimento em decorrência dessas mudanças sob o enfoque do imaginário organizacional moderno. Pretende-se analisar de que forma mudanças como o corte de benefícios e a introdução do controle eletrônico de freqüência, além das mudanças no mobiliário e a diminuição do espaço físico, influenciaram no comportamento dos servidores. Além disso, analisaremos também as estratégias individuais e coletivas de defesa desenvolvidas pelos trabalhadores. Buscaremos pesquisar as causas da relação prazer/sofrimento humano no trabalho à luz dos novos conceitos e paradigmas da administração pública. Como objetivos específicos, pretendemos pesquisar as razões/necessidades das mudanças e analisar as reações dos servidores a essas mudanças, suas implicações no ambiente de trabalho e nas relações interpessoais. A pesquisa foi feita por meio de entrevistas semi-estruturadas e aplicação de questionários em uma organização do Poder Judiciário Federal, sediada no Distrito Federal. Participaram da pesquisa 14 (quatorze) servidores, analistas e técnicos judiciários, todos pertencentes ao quadro de pessoal da referida organização, entre 18 e 30 de novembro de 2008. Verificou-se que as mudanças estruturais e administrativas implantadas deram origem a inúmeras relações de prazer/sofrimento. Este trabalho, portanto, poderá contribuir para estudos posteriores acerca do tema e poderá provocar uma reflexão, principalmente dos gestores do serviço público.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, 2009.
Aparece na Coleção:Gestão Judiciária

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_JoseTeixeiraMoura.pdf383.14 kBAdobe PDFver/abrir


Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.