Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/15267
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_LaisLaraOliveiraSantosVanin_tcc.pdf669,18 kBAdobe PDFver/abrir
Registro completo
Campo Dublin CoreValorLíngua
dc.contributor.advisorLeal, Virgínia Maria Vasconcelos-
dc.contributor.authorVanin, Laís Lara Oliveira Santos-
dc.identifier.citationVANIN, Laís Lara Oliveira Santos. Sinfonia em Branco, de Adriana Lisboa: do labirinto à casa afetiva. 2015. 37 f., il. Monografia (Licenciatura em Letras Português)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.pt_BR
dc.descriptionMonografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Licenciatura em Letras/Português, Monografia em Literatura, 2015.pt_BR
dc.description.abstractO romance Sinfonia em Branco, de Adriana Lisboa, aborda temas como abuso sexual, suicídio e assassinato. Apesar da temática violenta, a narrativa é construída com leveza. A partir desse conflito entre violência e suavidade, esta monografia analisa o estilo da autora e as estratégias que usa para construir o romance com delicadeza: narrativa labiríntica ou não-linear, uso de imagens e diálogo com outras artes – em especial a fotografia e as artes plásticas. Este trabalho se divide no estudo de três imagens: a procura da casa afetiva, o labirinto narrativo e a delicadeza como estilo.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subject.keywordAnálise literáriapt_BR
dc.subject.keywordLisboa, Adriana, 1970-pt_BR
dc.subject.keywordSinfonia em Branco (2003) - romancept_BR
dc.subject.keywordLiteratura brasileira contemporâneapt_BR
dc.titleSinfonia em Branco, de Adriana Lisboa : do labirinto à casa afetivapt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Licenciaturapt_BR
dc.date.accessioned2016-12-22T17:34:03Z-
dc.date.available2016-12-22T17:34:03Z-
dc.date.submitted2015-
dc.identifier.urihttp://bdm.unb.br/handle/10483/15267-
dc.language.isoPortuguêspt_BR
Aparece na Coleção:Letras - Português



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons