Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/14971
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_RodrigoAbdulKhalekBorges_tcc.pdf1,78 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Piramidação gênica para resistência horizontal a nematóides via silenciamento gênico
Autor(es): Borges, Rodrigo Abdul Khalek
Orientador(es): Fragoso, Rodrigo Rocha
Vilela, Michelle Souza
Assunto: Nematoda em plantas
Plantas - parasito
Data de apresentação: Jul-2016
Data de publicação: 11-Out-2016
Referência: BORGES, Rodrigo Abdul Khalek. Piramidação gênica para resistência horizontal a nematóides via silenciamento gênico. 2016. 34 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: O fitonematoide causador da galha Meloidogyne incognita é uma praga que causa grandes impactos a diversas culturas agronômicas ao redor do mundo. É um dos patógenos de maior relevância da atualidade e no Brasil causa danos a plantas de algodão, soja, café, cana-de-açúcar e muitas outras commodities. A pesquisa realizada no Laboratório de Interação Molecular Planta-Praga (LIMPP) da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia têm como objetivo o a piramidação dos genes para o controle deste fitonematoide. Sequências para expressão de RNA dupla fita (dsRNA) visando o silenciamento (via RNAi) de dois genes-alvo essenciais ao metabolismo do nematoide M. incognita foram previamente validadas por qPCR e bioensaios. Este trabalho consiste na piramidação, ou seja, a junção destas sequências por estratégias de cruzamentos entre plantas contendo os dois cassetes de expressão de dsRNA dos genes selecionados que apresentaram maior eficiência ao controle do M. incognita. Espera-se que a piramidação cause efeito deletério aditivo e evite, ou pelo menos atrase o surgimento de resistência dos fitopatógenos. Foram utilizadas plantas expressando dsRNA para Isocitrato Liase (IL), que atua no ciclo do glioxilato, e plantas expressando o dsRNA para a Proteína de Choque Térmico 90 (hsp90), que possui papel essencial no enovelamento e transporte de proteínas.
Abstract: The root-knot nematode Meloidogyne incognita is a pest that causes the major impacts to several agronomic cultures around the world. It is one of the most relevant pathogens of the current days, and in Brazil causes damage to cotton, soybean, coffee, sugarcane and many other commodities. The research carried at the Molecular Interaction Laboratory Plant-Pest (LIMPP) at Embrapa Genetic Resources and Biotechnology aims to pyramiding genes to control this phytonematode. Sequences for expression of double-stranded RNA (dsRNA) aimed silencing (using RNAi) two target genes essential to the nematode M. incognita metabolism that were previously validated by qPCR and bioassays. This work consists in pyramiding, that is, the junction of these sequences by crossing strategies of tobacco plants (Nicotiana tabacum) containing dsRNA expression cassettes of the selected genes that showed greater efficiency to control M. incognita in. It is expected that the pyramiding should cause harmful additive effect and prevent the emergence of resistance of pathogens. Plants were used to express dsRNA of Isocitrate lyase (IL), which operates in the glyoxylate cycle, and plants expressing dsRNA to heat shock protein 90 (hsp90) having essential role in the folding and transport proteins.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2016.
Aparece na Coleção:Agronomia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons