Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/14861
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_AlessandraMayumiFukushi_tcc.pdf795,77 kBAdobe PDFver/abrir
Título: O aspecto motivacional dos alunos do curso de letras japonês: um estudo continuum dos calouros do 2° semestre de 2015 a 1° semestre de 2016
Autor(es): Fukushi, Alessandra Mayumi
Orientador(es): Takano, Yuko
Assunto: Língua japonesa - estudo e ensino
Estudantes universitários
Motivação na educação
Data de apresentação: 1-Jul-2016
Data de publicação: 30-Set-2016
Referência: FUKUSHI, Alessandra Mayumi. O aspecto motivacional dos alunos do curso de letras japonês: um estudo continuum dos calouros do 2° semestre de 2015 a 1° semestre de 2016. 2016. 75 f. Monografia (Licenciatura em Letras - Japonês)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: O estudo da motivação dos alunos no contexto acadêmico tem sido cada vez mais estudado e discutido por ter implicações diretas na qualidade do envolvimento do aluno com o processo de ensino e aprendizagem. Deste modo, o trabalho procura identificar a motivação dos alunos do 2° semestre de 2015 a 1° semestre de 2016 do curso de graduação em Letras Japonês, de acordo com a Teoria da Autodeterminação. Buscou-se comparar a motivação dos alunos na perspectiva “continuum”, para averiguar se o fenômeno observado teve mudanças significativas e identificar os fatores favoráveis e desfavoráveis da motivação. Para coleta de dados utilizou-se os instrumento de pesquisa, tais como: questionários de escala Likert; entrevistas semiestruturadas e gravadas; e as observações em sala de aula. Os resultados obtidos apresentaram em sua grande maioria alunos com motivação extrínseca de regulação integrada. Do 2° semestre de 2015 para 1° semestre de 2016 houve aumento no nível motivacional. Os professores e as aulas diversificadas foram apontados como fatores favoráveis. Identificou-se como fatores desfavoráveis para a motivação a forma como a aula é lecionada em uma turma composta por alunos com diferentes ritmos de aprendizagem e os grupos que se formam (panelinhas) que acabam desmotivando os alunos. No entanto, os alunos apresentam em sua grande maioria regulação integrada satisfatório, considerados motivados e interessados. Espera-se que esta pesquisa possa auxiliar os professores a estimularem os alunos e evitar que o nível de motivação diminua ao longo do curso.
Abstract: The motivation of students in the academic context has been increasingly studied and discussed by having direct implications on the quality of student involvement with the process of teaching and learning. Thus, this work seeks to identify the motivation of students of the second semester of 2015 to first semester of 2016 undergraduate Japanese Language according to the Self-Determination Theory. Sought to compare the students' motivation in perspective "continuum" to determine whether the observed phenomenon had significant changes and identify the favorable and unfavorable factors of motivation. The data was obtained through a Likert scaling questions, semi-structured interviews and classroom observations. The results obtained are mostly students with extrinsic motivation of integrated regulation. There was an increase in the motivational level in the second semester of 2015 to first semester of 2016. Teachers and diversified lessons were identified as favorable factors. It was identified as unfavorable factors for motivation how the class is taught in a class composed of students with different rhythms of learning and the groups that form (cliques) that demotivate students. However, students have mostly satisfactory integrated regulation, considered motivated and interested. It is hoped that this research can help teachers encourage students and keep the motivation level decreases throughout the course.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, 2016.
Aparece na Coleção:Letras - Japonês



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons