Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/14555
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_PatriciaBatistaVieiraCambraia_tcc.pdf714,08 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Projeto de inclusão e direitos humanos : educação e cidadania
Autor(es): Cambraia, Patrícia Batista Vieira
Orientador(es): Clímaco, Júlia Campos
Assunto: Inclusão escolar
Educação de crianças
Deficientes - educação
Educação especial
Crianças deficientes - educação
Data de apresentação: 14-Nov-2015
Data de publicação: 13-Set-2016
Referência: CAMBRAIA, Patrícia Batista Vieira. Projeto de inclusão e direitos humanos: educação e cidadania. 2015. 33 f., il. Monografia (Especialização em Educação em e para os Direitos Humanos no Contexto da Diversidade Cultural)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Este estudo se refere a um projeto de intervenção realizado em uma escola de Educação Infantil, visando os “Direitos Humanos”, com o objetivo de pesquisar como acontece a inclusão de crianças com deficiência de quatro a cinco anos, abordando desde aspectos históricos e atuais da Educação Especial, Educação Inclusiva e Educação Infantil, até a legislação vigente. Buscou-se compreender a utilização do termo “Inclusão” e a sua relação entre o cuidar e o educar no cotidiano destes espaços educativos. A inclusão de alunos com deficiência na Educação Infantil nesse espaço escolar onde foi realizado dinâmicas para orientar e educar os alunos para com o respeito mútuo. Fazendo com que o aluno reflita sobre seus direitos independente das limitações e dificuldades que porventura tenham. É um processo que tem enfrentado inúmeros obstáculos, como rejeição entre crianças, falta de informação e formação dos profissionais, assim como de estrutura física e pedagógica das instituições de ensino. Assim, o presente estudo teve como objetivo Analisar, na perspectiva dos direitos humanos, as opiniões de professores a respeito da inclusão de crianças com deficiência em uma escola de ensino particular que atue de forma inclusiva, situada em Samambaia, Distrito Federal. Desta forma, com intuito de propor uma educação de qualidade para os alunos, é extremamente necessária pensar em reconstruir ideias que visem melhorias no processo educativo. . Concluindo-se que, é possível garantir um ensino inclusivo, desde que, governo, familiares, comunidade escolar e educadores assumem sua parcela de responsabilidade e juntos criarem ações continuadas, pois a escola é um espaço dinâmico e com possibilidades ampla de abrigar ideias e propostas, essa interação ajuda a todos adquirir conhecimentos e entender que as diferenças auxiliam a compreender a dinamização existente numa sociedade.
Abstract: This study refers to an intervention project carried out in a school of early childhood education by targeting the "Human Rights", in order to search as is the inclusion of children with four to five years disabilities, addressing the historic aspects and current Special Education, Inclusive Education and Early Childhood Education, to the current legislation. We sought to understand the use of the term "inclusion" and the relationship between care and education in the daily lives of these educational spaces. The inclusion of disabled students in kindergarten this school space where it was held dynamics to guide and educate students towards mutual respect. Making students reflect on their rights regardless of the limitations and difficulties that may have. It is a process that has faced numerous obstacles, such as rejection among children, lack of information and training of professionals, as well as physical and pedagogical structure of educational institutions. The present study aimed to analyze, from the perspective of human rights, teachers' opinions regarding the inclusion of disabled children in a private school teaching acting inclusively, located in Fern, Federal District. Thus, aiming to offer a quality education for students, it is extremely necessary to think about rebuilding ideas aimed at improvements in the educational process. . Concluding that it is possible to ensure an inclusive education, since, government, family, school community and educators assume their share of responsibility and together create ongoing actions because the school is a dynamic space with extensive possibilities of harboring ideas and proposals , this interaction helps everyone gain knowledge and understanding that differences help to understand the existing dynamics in a society.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Curso de Especialização em Educação em e para os Direitos Humanos, no contexto da Diversidade Cultural, 2015.
Aparece na Coleção:Educação em e para os Direitos Humanos, no contexto da Diversidade Cultural



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons