Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/14469
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_DaianneMariaBarbosadaSilva_tcc.pdf676,66 kBAdobe PDFver/abrir
Título: O deficiente intelectual e o ensino de história no Centro de Ensino Especial de Planaltina-DF
Autor(es): Silva, Daianne Maria Barbosa da
Orientador(es): Maciel, Suellen Neto Pires
Assunto: Dificuldades escolares
História - estudo e ensino
Deficientes mentais
Educação inclusiva
Estudantes com necessidades educativas especiais
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 2-Set-2016
Referência: SILVA, Daianne Maria Barbosa da. O deficiente intelectual e o ensino de história no Centro de Ensino Especial de Planaltina-DF. 2015. 67 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Especialização em Educação em e para os Direitos Humanos no Contexto da Diversidade Cultural)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: O presente trabalho visa investigar como o professor da criança com deficiência intelectual atua para propiciar a aprendizagem dos conteúdos da disciplina de história. Ainda, buscar encontrar formas/estratégias metodológicas a fim de empregar o ensino de História para tais crianças. Para tanto esse estudo analisou a evolução da educação inclusiva no que se refere ao deficiente intelectual e quais as metodologias utilizadas pelos docentes no ensino de História. Baseando-se em dispositivos legais e teóricos, mostra o conceito de deficiência; trata da Educação Inclusiva, apresentando o seu histórico e as leis e documentos que a apoiam e a regulamentam, como a Declaração Universal dos Direitos Humanos, Declaração de Salamanca, e em âmbito nacional, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e a Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva de Educação Inclusiva. Utilizando referencial teórico de autores como Romeu Sassaki e Maria Teresa Mantoan, especialistas em inclusão. Com a finalidade de refletir sobre a atual proposta de inclusão e as questões metodológicas do ensino de história apresentase uma pesquisa qualitativa com questionário de perguntas fechadas e abertas, pesquisa realizada no Centro Especial de Ensino de Planaltina-DF. A análise da pesquisa revelou que apesar das professoras utilizarem métodos alternativos, tais como vídeos, imagens e áudios os estudantes não alcançaram uma aprendizagem significativa. Desta forma as ações interventivas foram incrementar no ensino o ato de brincar usando um quebra-cabeça, a contação de história e também a formação e fortalecimento do sentimento de pertencimento a sociedade em que vive por meio de uma roda de conversa.
Abstract: This study aims to investigate how the teacher of children with intellectual disabilities serves to provide the learning content of the discipline of history. Still, seek to find ways / methodological strategies to employ in teaching history for such children. Therefore this study examined the development of inclusive education in relation to which the poor intellectual and methodologies used by teachers in the teaching of history. Based on legal and theoretical, shows the concept of disability; treats of Inclusive Education, presenting your history and laws and documents that support and regulate, as the Universal Declaration of Human Rights, Declaration of Salamanca, and in part national Law of Guidelines and Bases of National Education and the national Policy on Special Education in the Perspective of Inclusive Education. Using the theoretical framework of authors like Romeo and Maria Teresa Sassaki, Mantoan, inclusion specialists. In order to reflect on the current proposal for inclusion and methodological issues in the teaching of history presents a qualitative questionnaire with closed and open questions for verification, research conducted at the Center for Special Education Planaltina-DF. The analysis of the survey revealed that despite the teachers use alternative methods such as videos, images and audios students did not achieve meaningful learning . Thus the intervening actions were increasing in teaching the act of playing using a puzzle , the storytelling as well as training and strengthening the sense of belonging to society they live through a conversation wheel.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Curso de Especialização em Educação em e para os Direitos Humanos, no contexto da Diversidade Cultural, 2015.
Aparece na Coleção:Educação em e para os Direitos Humanos, no contexto da Diversidade Cultural



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons