Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/14461
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_TaysaBrasilSiqueiraMendes_tcc.pdf657,57 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Educação em direitos humanos : (re)construção de valores para a transformação da realidade
Autor(es): Mendes, Taysa Brasil Siqueira
Orientador(es): Zaneti, Izabel Cristina Bruno Bacellar
Assunto: Direitos humanos
Violência na escola
Valores sociais
Data de apresentação: 14-Nov-2015
Data de publicação: 2-Set-2016
Referência: MENDES, Taysa Brasil Siqueira. Educação em direitos humanos: (re)construção de valores para a transformação da realidade. 2015. 36 f. Monografia (Especialização em Educação em e para os Direitos Humanos no Contexto da Diversidade Cultural)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: O tema desenvolvido durante o trabalho foi “A práxis dos direitos humanos na sala de aula e o reflexo nas relações sociais”. Buscou-se, portanto, investigar como os direitos humanos estão sendo discutidos nos ambientes escolares e como isso tem se refletido nas relações intraescolares, focando principalmente nas questões relativas ao bullying, prática muito frequente na realidade observada. Segundo estudiosos da área (CANDAU, 2008; BENEVIDES, 2007; CARBONARI, 2010 entre outros), os direitos humanos promovem uma reflexão da dignidade humana de forma a construir um novo olhar sobre o ser humano. Por isso, esta pesquisa buscou discutir a relação entre educação e direitos humanos, mostrando a inter-relação entre estes dois campos e a demonstração prática de ações que promovam valores humanos essenciais para o estabelecimento de relacionamentos saudáveis entre as pessoas, visando assim mudanças positivas no ambiente escolar, que se torna cada vez mais hostil. A pesquisa teve por base a abordagem sociocultural construtivista, de cunho qualitativo. A realidade investigada foi a escola Centro de Ensino Fundamental 802 – Recanto das Emas, localizada em uma região administrativa do Distrito Federal. O público alvo da pesquisa foram 66 alunos do 4º ano do Ensino Fundamental, com faixa etária entre 9 e 10 anos. Foram realizadas observações das turmas e entrevistas com duas professoras, regentes destas classes. Os instrumentos utilizados para a pesquisa foram: roteiro de entrevista e diário de bordo. Por meio das observações realizadas notou-se que o comportamento comum entre as turmas possuía características típicas do bullying. A partir desta confirmação foi elaborado em conjunto com as professoras regentes um projeto para promover a discussão sobre os direitos humanos em sala, focando em valores essenciais para um melhor convívio social. A execução do projeto promoveu reflexões e análises críticas de diversas posturas dos alunos. Estes momentos permitiram que os discentes se posicionassem em diversas situações que acontecem em suas realidades, foi uma oportunidade de estreitamento das relações grupais, além de um crescimento pessoal para todos os sujeitos ali presentes. Sabemos que a Educação em Direitos Humanos é uma formação gradual e contínua e que não se restringe a somente um projeto. Entretanto, esta pesquisa permitiu que fosse iniciada essa discussão e também pode-se notar a importância do desenvolvimento destes valores em sala, e o reflexo disso nas posturas dos sujeitos envolvidos no contexto escolar. Estas reflexões são muito importantes para que possam ocorrer mudanças nas relações estabelecidas no ambiente escolar, para que o convívio na escola possa se tornar cada vez mais harmônico e saudável, afastando desta instituição todo tipo de violência que fere a dignidade humana.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Coordenação dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu, 2015.
Aparece na Coleção:Educação em e para os Direitos Humanos, no contexto da Diversidade Cultural



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons