Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/14445
Título: Pensando os direitos humanos a partir das diferenças e do preconceito no ambiente escolar
Autor(es): Angelis, Cláudia Tavares Ribeiro de
Orientador(es): Ramos, Patrícia Cristina Campos
Assunto: Ambiente de sala de aula
Preconceitos e antipatias
Diversidade na escola
Data de apresentação: Nov-2015
Referência: ANGELIS, Cláudia Tavares Ribeiro de. Pensando os direitos humanos a partir das diferenças e do preconceito no ambiente escolar. 2015. 50 f. Trabalho de conclusão de curso (Especialização em Educação em e para os Direitos Humanos no Contexto da Diversidade Cultural)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: A pesquisa teve como objeto de estudo o preconceito e a reflexão sobre os direitos humanos a partir das diferenças no contexto escolar. A investigação justificou-se pela necessidade de se analisar a questão, de forma a verificar como ocorre o preconceito nesse ambiente e contribuir com o aprofundamento dos conhecimentos disponíveis sobre o tema. Investigou-se de que forma o fenômeno do preconceito é vivenciado por uma turma de 6º ano do ensino fundamental de uma escola pública de Goiânia. Foi verificado que praticamente todas as crianças participantes já sofreram algum tipo de ação de rejeição de diferenças e de preconceito dentro da escola, bem como o conhecimento de colegas que também sofreram com esse tipo de atitudes por parte de outros alunos. Contudo, a pesquisa deparou-se com pressupostos teóricos que apontam para a possibilidade de superação desse quadro, pelo envolvimento com práticas pedagógicas inovadoras e problematizadoras, para as quais a literatura evidencia a experiência inovadora de trabalho centrado em projetos, a partir da pedagogia crítica intercultural. Ressaltou-se, ainda, a constatação de que os alunos têm consciência da questão do preconceito, bem como sugeriram medidas para que fosse solucionada essa questão dentro do ambiente escolar. Contudo, os resultados apontam para a realidade de que há um longo caminho a ser percorrido, para que haja uma reflexão e ação em prol de uma educação que busque a valorização da diferença e da superação do preconceito dentro da escola. Assim, defende-se que é de suma importância o cultivo de uma cultura em direitos humanos no contexto da diversidade cultural, envolvendo em seu processo os alunos e demais sujeitosatores da comunidade escolar.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Curso de Especialização em Educação em e para os Direitos Humanos, no contexto da Diversidade Cultural, 2015.
Aparece na Coleção:Educação em e para os Direitos Humanos, no contexto da Diversidade Cultural

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_ClaudiaTavaresRibeirodeAngelis_tcc.pdf299.17 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons