Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/14234
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_AgliceRodriguesdaCruzSouza_tcc.pdf863,78 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Formação em ciências naturais e educação ambiental : a prática pedagógica a partir da visão dos formandos do curso de licenciatura em Ciências Naturais - FUP/UnB
Autor(es): Souza, Aglice Rodrigues da Cruz
Orientador(es): Tamaio, Irineu
Assunto: Educação ambiental
Práticas pedagógicas
Universidade de Brasília (UnB) - Ciências Naturais - estudantes
Data de apresentação: Jun-2016
Data de publicação: 19-Ago-2016
Referência: SOUZA, Aglice Rodrigues da Cruz. Formação em Ciências Naturais e educação ambiental: a prática pedagógica a partir da visão dos formandos do curso de licenciatura em Ciências Naturais - FUP/UnB. 2016. 38 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Naturais)—Universidade de Brasília, Planaltina-DF, 2016.
Resumo: Considerando as relações pedagógicas das Ciências Naturais (CN) com a Educação Ambiental (EA) e a importância da atuação do professor de CN como mediador do conhecimento ambiental, esta pesquisa busca desenvolver uma análise da compreensão dos formandos (1º/2016) de Licenciatura em Ciências Naturais da Faculdade UnB- Planaltina (FUP/ UnB), e a partir da visão deles, analisar questões referentes à EA no Ensino das Ciências Naturais. A metodologia baseou-se em pesquisa descritiva e exploratória de natureza qualitativa e quantitativa, e usou como instrumento de coleta de dados o questionário. A análise de dados se deu a partir dos resultados apresentados quantitativamente e recorreu também à interpretação das narrativas dos formandos, tomando como referencial teórico no campo da Educação Ambiental (Carvalho, 2012; Casino, 1999; Guimarães, 2004; Layrargues, 2011; Leme, 2006; Reigota, 1994 e Tamaio, 2002). Os resultados revelaram que os formando sentem-se preparados pedagogicamente para desenvolver a Educação Ambiental em sala de aula de forma prática e teórica, levando em consideração a formação e as necessidades dos estudantes do Ensino Fundamental. No entanto, verificou-se que um número significativo de formandos não considera a quantidade de disciplinas e atividades disponíveis referentes à Educação Ambiental na FUP suficiente para a formação, o que subtende que há uma contradição entre o estar preparado e a contribuição da Universidade para a formação de futuros professores em CN. A partir disso, sugere-se aprimorar o currículo de CN para contribuir com o desenvolvimento de uma EA que possibilite uma aprendizagem voltada para a formação de futuros professores de Ciências Naturais que possam atuar nas escolas com habilidades que contribua para o processo do ensino da EA.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Licenciatura em Ciências Naturais, 2016.
Aparece na Coleção:Ciências Naturais



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons