Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/13991
Título: Aborto e saúde coletiva : uma revisão sistemática em revistas científicas brasileiras (2010-2015)
Autor(es): Silva, Tatiane Fontoura da
Orientador(es): Carneiro, Rosamaria Giatti
Assunto: Aborto - aspectos morais e éticos
Aborto
Mulheres - saúde e higiene
Data de apresentação: 2016
Referência: SILVA, Tatiane Fontoura da. Aborto e saúde coletiva: uma revisão sistemática em revistas científicas brasileiras (2010-2015). 2016. 70 f. Monografia (Bacharelado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Esse estudo tem por objetivo refletir sobre a produção acadêmica e investigativa sobre aborto no Brasil, a partir das revistas da área de Saúde Coletiva, apenas as revistas classificadas nos estratos A1, A2, B1 e B2 do Qualis Capes. A partir dos artigos encontrados buscou-se realizar um levantamento dos assuntos que são mais apresentados referentes ao tema aborto, em que Estado mais se publica, a revista na área de saúde coletiva que tem mais publicações e, o ano em que mais se publicou. Em seus achados, sendo eles 32 artigos, foi possível realizar uma classificação de categorias, gerando assim onze categorias para a sistematização sendo elas: Violência; Avaliação de Serviço; Medicamentos; Aborto e Brasil: dados/ estatísticas; Objeção de Consciência; Aborto e Lei; Processo decisório feminino; Aborto e Profissionais; Práticas abortivas; Aborto e Mídia; Gênero e Aborto. Como resultados - apresentou-se a Região Sudeste como líder em publicações, a revista Ciência & Saúde Coletiva como a revista que mais publica sobre o tema, quanto ao assunto recorrente evidenciou-se a temática “Processo decisório feminino”. Em relação ao gênero as mulheres têm dominado o cenário de pesquisa sobre aborto no Brasil e entre os anos de 2010-2015, o ano de 2012 foi o ano em que mais houve publicações em menção ao tema.
Abstract: This research aims at the scientific and analytic output about abortion in Brazil from the field of the health journals known as “Saúde Coletiva” (Inclusive Health). From this field, only the journals on the A1, A2, B1 and B2 extracts of the Capes Qualis index. From the scientific papers found, a mapping of the most featured subjects about abortion, the States where it was most published, which scientific journal has most publications and its year of publication was made. In the 32 scientific papers found, was performed a classification in 11 categories, which are: Violence; Service Evaluation; Drugery; Brazil and Abortion: statistics/data; Conscientious Objection; Law and Abortion; Female Decisive Proceeding; Abortion and Professionals; Abortive Practices; Abortion and Media; Gender and Abortion. The results showed the Southeast Brazilian Region leading the number of scientific papers, the journal “Ciência e Saúde Coletiva” (Science and Inclusive Health) with the greater number of publications, and the most constant subject was “Female Decisive Proceeding”. As for the gender, the women are mastering the Brazilian abortion scenario among 2010 and 2015. The 2012 year had the highest numbers in publications about abortion.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Bacharelado em Saúde Coletiva, 2016.
Aparece na Coleção:Saúde Coletiva

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_TatianeFontouradaSilva.pdf686.71 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons