Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/13881
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_GustavoMendesLimaSantos.pdf317,54 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Análise da expressão e representação dos conceitos de organização social, política e nostalgia na obra Ordem e Progresso de Gilberto Freyre
Autor(es): Santos, Gustavo Mendes Lima
Orientador(es): Faria, Daniel Barbosa Andrade de
Assunto: Freyre, Gilberto, 1900-1987
Ordem e Progresso (1957) - obra
Análise do discurso
Identidade nacional
Data de apresentação: Jun-2016
Data de publicação: 28-Jul-2016
Referência: SANTOS, Gustavo Mendes Lima. Análise da expressão e representação dos conceitos de organização social, política e nostalgia na obra Ordem e Progresso de Gilberto Freyre. 2016. [18] f. Trabalho de conclusão de curso (Licenciatura em História)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Resgatar a identidade nacional e, com isso, organizar a política se tornaram tarefas a serem desempenhadas pela elite intelectual do Brasil após o fim da Primeira República. Gilberto Freyre é um dos autores inseridos nesse debate. O objetivo do artigo é analisar a obra Ordem e Progresso sob a ótica da história das ideias, analisando a expressão e representação dos conceitos de organização social, política e nostalgia. A leitura da obra e a identificação de passagens que tratam dos conceitos propostos foram o método adotado. Segundo a proposta do autor, as continuidades existentes na ordenação social brasileira, tais como as tradições miscigenadas do povo, é que garantem a união dos conceitos de ordem e progresso. Mesmo sendo explicitados no modelo positivista de república, ordem e progresso são valores intrínsecos à sociedade brasileira, manifestados desde os tempos imperiais. Qualquer projeto de governo deve considerar as particularidades identificadas para um política apropriada ao país.
Abstract: Redeem national identity and thereby organize politics have become tasks to be performed by the intellectual elite of Brazil, after the end of the First Republic. Gilberto Freyre is one of the authors included in this debate. The objective of the article is to analyze the book “Ordem e Progresso” from the perspective of the history of ideas, analyzing the expression and representation of the concepts of social organization, politics and nostalgia. The method was based in reading the text and identifying passages that represent the concepts studied. According to the proposal of the author, existing continuities in Brazilian social order, such as blended traditions of the people, is what ensure the unification of the concepts of order and progress. Even expressed only in the positivist modelo f republic, order and progress are values that are intrinsic to Brazilian society, manifested since imperial times. Any government project should consider the particularities identified for an appropriate country's politics.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, 2016.
Aparece na Coleção:História



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons