Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/13395
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_CarolineMariaBarbosa.pdf980,69 kBAdobe PDFver/abrir
Registro completo
Campo Dublin CoreValorLíngua
dc.contributor.advisorVilela, Michelle Souza-
dc.contributor.authorBarbosa, Caroline Maria-
dc.identifier.citationBARBOSA, Caroline Maria. Ensaio de competição de sementes entre três cultivares de manjericão. 2015. v, 28 f., il. Monografia (Bacharelado em Medicina Veterinária)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.en
dc.descriptionMonografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2015.en
dc.description.abstractA utilização de plantas aromáticas, condimentares e medicinais vem ganhando quantidade e importância, conseguindo um lugar definitivo no mercado mundial. O manjericão (Ocimum basilicum L.), que se consolida como uma cultura de grande importância na utilização para fins alimentícios e medicinais, necessita de estudos para o aprimoramento de características intrínsecas da planta que fazem com que o manjericão possua tamanha importância. Observando a carência de trabalhos voltados para o melhoramento genético do manjericão, o presente trabalho tem como principal objetivo avaliar o desempenho de três diferentes cultivares de Ocimum basilicum L. oriundas de empresas também diferentes, cultivadas em casa de vegetação, a partir da produção de mudas. Para tanto, foram utilizados três diferentes cultivares de manjericão: Alfavaca Basilicão, Alfavaca Genovese e Alfavaca Verde, que receberam substrato de mesma origem, manejo de irrigação semelhante, com bandejas de 72 células, sendo utilizadas duas sementes por célula, com 3 repetições e 24 plantas por parcela. O experimento foi implantado em casa de vegetação, localizada na Estação Biológica da Universidade de Brasília. Durante o desenvolvimento das mudas, a germinação das sementes foi avaliada e, aos 34 dias após a emergência, foram avaliadas dez plantas de cada repetição, medindo a altura de planta, o comprimento de raiz, massa fresca total e massa seca total. Após análises estatísticas, foi possível observar que as cultivares diferiram entre si para as variáveis resposta altura da planta, massa seca total e porcentagem de germinação. Foi constatado que as cultivares Alfavaca Verde e Alfavaca Basilicão apresentaram melhores características de desenvolvimento de mudas.en
dc.formatMonografia de Graduaçãopt_BR
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleEnsaio de competição de sementes entre três cultivares de manjericãoen
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Bachareladoen
dc.date.accessioned2016-06-22T11:51:25Z-
dc.date.available2016-06-22T11:51:25Z-
dc.date.issued2016-06-22T11:51:25Z-
dc.date.submitted2015-12-
dc.identifier.urihttp://bdm.unb.br/handle/10483/13395-
dc.language.isoPortuguêsen
dc.subjectPlantas aromáticas-
dc.subjectManjericão - cultivo-
dc.subjectSementes - germinação-
Aparece na Coleção:Agronomia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons