Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/13322
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_TefiloJoseGoncalvesNeto.pdf1,18 MBAdobe PDFver/abrir
Título: “Lixo computacional, obsolescência planejada e logística reversa : relações a desvendar e a aprender”
Autor(es): Gonçalves Neto, Teofilo José
Orientador(es): Layrargues, Philippe Pomier
Assunto: Reciclagem
Obsolescência programada
Lixo eletrônico
Logística reversa
Data de apresentação: 7-Abr-2015
Data de publicação: 9-Jun-2016
Referência: GONÇALVES NETO, Teofilo José. “Lixo computacional, obsolescência planejada e logística reversa: relações a desvendar e a aprender”. 2015. 63 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Gestão Ambiental)—Universidade de Brasília, Planaltina-DF, 2015.
Resumo: O objetivo dessa pesquisa tem o intuito de desvendar e aprender as relações sobre lixo computacional, obsolescência planejada e logística reversa trazendo à tona os problemas que esse tipo de resíduos pode criar para os cidadãos e a natureza. O lixo computacional possui grande quantidade de metais pesados, que destinados de forma incorreta podem acarretar diversos e graves problemas por conter grandes quantidades de materiais tóxicos. A falta de divulgação desses problemas é um dos maiores obstáculos que teremos que romper para podermos combater essa grave ameaça tanto a natureza quanto ao ser humano. Desde a década 80, que se tem falado em reciclagem do lixo eletrônico, mas ao mesmo tempo em que se fala sobre reciclagem vemos o aumento das vendas desses aparelhos crescerem cada vez mais, o que antes cada família tinha no máximo um computador por causa do preço que era muito caro, hoje uma família tem em media três computadores em casa em pleno funcionamento. Sendo que esse equipamento quando quebra na maioria das vezes a opção de consertar nem é cogitada, pois o conserto às vezes é caro e não traz tanta confiança como o equipamento novo. Provocando uma procura cada vez maior pelo equipamento mais moderno, deixando modelos que não tem seis meses de uso como obsoletos pelo simples fato de não suportarem um aplicativo ou simplesmente pelo o novo modelo ter outra característica supérflua. A obsolescência planejada que as indústrias criaram para aumentar as vendas desses equipamentos deixaram a cargo da logística reversa a única opção para se destinar corretamente esses equipamentos, mas o que se vê hoje em dia é que esta forma de reciclagem se tornou uma opção para a obsolescência planejada ou programada como uma forma de produzir mais produtos com a justificativa que podemos reciclar todo esse lixo. Utilizaremos a aplicação de um questionário para poder entrevistar 50 cidadãos em dois estabelecimentos comerciais de forma aleatória para poder identificar o grau de conhecimento que elas sabem sobre o assunto lixo computacional e os problemas que o cercam. __________________________________________________________________________ ABSTRACT
This research aims to unravel and learn relations on computer waste, planned obsolescence and reverse logistics bringing up the problems that this type of waste can create for citizens and nature. The computational garbage has loads of heavy metals, which for incorrectly can cause serious problems for many and contain large amounts of toxic materials. The lack of disclosure of these problems is a major obstacle we have to break in order to combat this serious threat to both nature and the human being. Since the late 80's that has been said about recycling of e-waste, but at the same time talking about recycling we see increased sales of these devices increasingly grow, which before every family had at most one computer because of price was very expensive, now a family has on average three computers at home and running. Since this equipment when it breaks most of the time the option to repair or is contemplated, because sometimes repair is expensive and does not bring much confidence as the new equipment. Causing a growing demand for more modern equipment, leaving models that do not have six months of use as obsolete simply because they do not support an application or simply for the new model have another superfluous feature. The planned obsolescence that the industries created to increase sales of such equipment left in charge of the reverse logistics the only option to correctly allocate the equipment, but what we see today is that this form of recycling has become an option for obsolescence planned or programmed as a way to produce more products with the justification that we can recycle all that junk. We will use a questionnaire to interview 50 people in two shops at random in order to identify the degree of knowledge that they know about the subject computational waste and the problems that surround it.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, 2015.
Aparece na Coleção:Gestão Ambiental



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons