Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/13275
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_MarianadosSantosAmorim.pdf657,88 kBAdobe PDFver/abrir
Título: A xilogravura na literatura de cordel : apontamentos teóricos visando a dialogicidade
Autor(es): Amorim, Mariana dos Santos
Orientador(es): Inocêncio, Nelson Fernandes
Assunto: Arte na educação
Xilogravura
Literatura de cordel brasileira
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 3-Jun-2016
Referência: AMORIM, Mariana dos Santos. A xilogravura na literatura de cordel: apontamentos teóricos visando a dialogicidade. 2015. 27 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Artes Plásticas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Este trabalho visa apresentar um estudo sobre a possibilidade do estabelecimento de diálogos entre a xilogravura no contexto da literatura de cordel e o ensino da arteeducação. Para tanto, o texto inicia-se com um breve panorama histórico da xilogravura no Brasil, que intenta esclarecer os princípios de sua utilização pelos produtores dos folhetos no ambiente cultural do Nordeste. Uma vez introduzido este tema, segue explanação acerca dos conceitos de arte popular, arte erudita, hibridismo cultural e cultura visual, todos devidamente contextualizados. Esta última abordagem integra a proposta metodológica aqui destacada, que consiste em usufruir dos elementos dos meios de comunicação de massa, reconhecendo que estes também se vinculam, de algum modo, à arte popular. O intuito de tal estratégia se aplica para que o assunto da arte e cultura popular não soe obsoleto à maioria dos estudantes, hoje tão seduzidos pelos fenômenos midiáticos. Logo, trata-se de uma proposta pedagógica focada no estímulo ao senso crítico dos educandos por meio de interações, tanto entre os estudos da cultura visual e a arte popular quanto entre disciplinas como história, ciências sociais e artes visuais. A interdisciplinaridade é vista aqui como uma forma de promover o entendimento global de determinadas questões, sendo o arte-educador responsável por mediar e conduzir determinadas discussões em sala de aula com base em seus conhecimentos acumulados.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Departamento de Artes Visuais, 2015.
Aparece na Coleção:Artes Plásticas



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons