Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/13230
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_CauanBragadaSilvaCardoso.pdf1,24 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Vulnerabilidade juvenil na área metropolitana de Brasília : construção de um índice sintético
Autor(es): Cardoso, Cauan Braga da Silva
Orientador(es): Vasconcelos, Ana Maria Nogales
Assunto: Análise fatorial
Índice de Vulnerabilidade Juvenil (IVJ)
Vulnerabilidade juvenil
Brasília (DF)
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 31-Mai-2016
Referência: CARDOSO, Cauan Braga da Silva. Vulnerabilidade juvenil na área metropolitana de Brasília: construção de um índice sintético. 2015. [64] f., il. Monografia (Bacharelado em Estatística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: A vulnerabilidade é um construto estudado por diversos pesquisadores no decorrer da história, cada um definindo as especificidades que a compõem. Com o aumento do contingente populacional de jovens, tanto no Brasil quanto no mundo, veio o interesse em estudar, caracterizar e mensurar as necessidades dessa população. No Brasil, o tema era pouco explorado até recentemente, quando cada vez mais pesquisadores se dedicaram a estudar temas voltados à população jovem brasileira, especialmente a vulnerabilidade juvenil, que surgiu no país vinculado à mortalidade violenta (homicídios, suicídios, acidentes de trânsito) a qual os jovens estavam submetidos. A primeira grande iniciativa em mensurar a vulnerabilidade juvenil não só no quesito violência veio com o Índice de Vulnerabilidade Juvenil (IVJ), da Fundação SEADE, para os distritos do município de São Paulo, para o qual se utilizou da análise fatorial para relacionar de forma unidimensional todas as variáveis definidas na construção do conceito de “vulnerabilidade juvenil”. Outros índices foram elaborados utilizando outras técnicas e alguns surgiram inspirados no IVJ do Município de São Paulo, como o IVJ dos municípios goianos, elaborado pelo Instituto Mauro Borges. A análise fatorial é de especial interesse para a construção desses índices por buscar dentro de uma matriz de informações provenientes de diversas variáveis aquela que é comum entre todas, simplificando o modelo em poucas dimensões e permitindo uma análise simplificada do objeto de estudo. Este trabalho propõe um método para a criação de um IVJ dos municípios da Área Metropolitana de Brasília (AMB) utilizando a técnica da análise fatorial para mensurar as dimensões que envolvem os riscos a que os jovens entre 15 e 29 anos residentes da AMB estão expostos e que compõem situações potencializadoras de vulnerabilidade. Dessa forma, os índices encontrados para os municípios da AMB mostraram uma grande discrepância entre Brasília e os demais municípios goianos.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Estatística, 2015.
Aparece na Coleção:Estatística



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons