Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/1303
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_SandraSaraivaLeaoLeitedaSilva.pdf286,31 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Promoção da saúde e terapia comunitária : um diálogo que promove a participação social
Autor(es): Silva, Sandra Saraiva Leão Leite da
Orientador(es): Alves, Elioenai Dornelles
Assunto: Terapia comunitária
Participação social
Promoção da saúde
Data de apresentação: 2009
Data de publicação: 2-Dez-2010
Referência: SILVA, Sandra Saraiva Leão Leite da. Promoção da saúde e terapia comunitária: um diálogo que promove a participação social. 2009. 53 f. Monografia (Especialização em Educação e Promoção da Saúde)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: Entendemos saúde como processo dinâmico que abrange múltiplas configurações, envolvendo aspectos sócio-históricos, culturais, emocionais, econômicos, políticos e pessoais, entre outros. Conseqüentemente, pensar em saúde é entender que a falência do modelo biomédico e as profundas transformações sociais ocorridas nas últimas décadas, trouxeram uma noção de sujeito diferenciada. Assim, pensando nesse sujeito singular, complexo e dinâmico e pensando em ações que funcionem como fomentadoras da saúde, decidimos realizar um trabalho que tivesse como objetivo fazer uma reflexão que compreendesse as práticas da Terapia Comunitária como ferramentas de Promoção da Saúde. Para tanto, o trabalho buscou conhecer os princípios norteadores de práticas educativas e promotoras de saúde que norteiam a formação do Terapeuta Comunitário, com ênfase na pedagogia libertadora de Paulo Freire. Desta forma analisamos como a Terapia Comunitária estimula a participação social nos espaços democráticos onde se estabelece. Sendo a saúde processo dinâmico e abrangente, que alia valores como vida, solidariedade, democracia, cidadania, participação e outros, compreendemos, claramente, o quanto a prática da Terapia Comunitária se enraíza na edificação e aprimoramento da Promoção da Saúde. A metodologia utilizada foi a revisão bibliográfica onde procuramos compreender a noção de Saúde fundamentadas nas principais Conferências Internacionais de Saúde e a análise de conceitos como participação social/controle social, empowerment e educação permanente; bem como a compreensão da Terapia Comunitária a partir dos seus pilares teóricos: pensamento sistêmico, teoria da comunicação, antropologia cultura, resiliência e pedagogia de Paulo Freire. Abalizado nos estudos realizados, compreendemos o valor da Terapia Comunitária como construtora da Promoção da Saúde, uma vez que se trata de instrumento capaz de construir redes sociais solidárias, de fortalecimento das competências dos atores sociais e do despertar destes sujeitos para o seu papel transformador. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
We understand health as a dynamic process that includes multiple settings, involving socio-historical, cultural, emotional, economic, political and personal, among others. Therefore, think about health is to understand that the failure of the biomedical model and the profound social changes in recent decades have brought a different notion of the subject. So, thinking that an individual in complex and dynamic thinking and actions that work as fueling health, we decided to do a job that has as objective to discuss who understands the practice of therapy as tools for Community Health Promotion For this, study aimed at guiding principles of educational practice and health promoters that guide the formation of the Community Practitioner, with emphasis on liberating pedagogy of Paulo Freire. Thus we analyze how the Community Therapy encourages social participation in democratic spaces where he settled. As the health and comprehensive dynamic process that combines values of life, solidarity, democracy, citizenship, participation, and others, understand clearly how the practice of Community Therapy is rooted in the construction and improvement of the Promotion of Health The methodology used was the literature which seek to understand the concept of health based on the main International Conferences on Health and the analysis of concepts such as social participation / control, empowerment, and education; an understanding of Community Care from its theoretical pillars: systems thinking, communication theory, anthropology, culture, resilience and pedagogy of Paulo Freire. Authoritative studies undertaken, we understand the value of Community Therapy as a builder of Health Promotion, since it is an instrument capable of building social networks of solidarity, to strengthen the powers of social actors and the awakening of these subjects to their changing role.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Núcleo de Estudos em Educação e Promoção da Saúde, 2009.
Aparece na Coleção:Educação e Promoção da Saúde



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.