Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/12970
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_PauladeSousaLima.pdf807,92 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Desenvolvimento profissional dos analistas técnico-administrativos do ministério das comunicações
Autor(es): Lima, Paula de Sousa
Orientador(es): Pimentel, Nara Maria
Assunto: Gestão de pessoas
Desenvolvimento profissional
Formação profissional
Educação à distância
Ministério das Comunicações (MC)
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 27-Abr-2016
Referência: LIMA, Paula de Sousa. Desenvolvimento profissional dos analistas técnico-administrativos do ministério das comunicações. 2015. 94, 15 f., il. Monografia (Licenciatura em Pedagogia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Este trabalho buscou analisar o desenvolvimento profissional de um grupo de servidores do Ministério das Comunicações, os Analistas Técnico-Administrativos, visto se tratar de um cargo que admite, para ingresso, qualquer graduação. O cerne está em verificar se a formação inicial atende às atribuições que são desenvolvidas por estes servidores em exercício nas diversas unidades do Ministério e se a capacitação ofertada pelo órgão poderia atuar como um mecanismo de preenchimento de eventuais lacunas existentes, através da agregação de conhecimentos, habilidades e atitudes necessários à melhoria contínua dos métodos e processos de trabalho. O estudo está alicerçado no contexto da administração pública, da gestão de pessoas e da educação continuada. Pauta-se também nas diversas faces do treinamento, desenvolvimento e capacitação, enquanto processos de formação voltados à aprendizagem e à mudança de comportamento. Para tanto, foi realizada uma pesquisa-ação com abordagem qualitativa e exploratória, assumindo a forma de um estudo de caso, cujo instrumento utilizado – um questionário semiestruturado – permitiu o levantamento e a análise dos dados. Por fim, constatou-se realmente a necessidade de programas de formação para auxiliar no desempenho das atividades, a eles imputadas, com plena competência. Como contribuição enfatizou-se uma ação para envolver os servidores quando da formulação Plano Anual de Capacitação (PAC), visando melhorar a implementação da política de capacitação do órgão, e uma observação quanto ao modo de seleção dos Analistas Técnico- Administrativos.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2015.
Aparece na Coleção:Pedagogia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons