Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/12872
Título: O Programa Bolsa Família : impactos no emponderamento das mulheres beneficiárias do município de Bonito de Minas
Autor(es): Leite, Márcia Regina Carneio
Orientador(es): Filice, Renísia Cristina Garcia
Assunto: Programa Bolsa Família
Mulheres - condições sociais
Data de apresentação: 2-Jul-2014
Data de publicação: 13-Abr-2016
Referência: LEITE, Márcia Regina Carneio. O Programa Bolsa Família: impactos no emponderamento das mulheres beneficiárias do município de Bonito de Minas. 2014. 43 f. Monografia (Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: Este trabalho objetiva discutir o Programa Bolsa Família do município de Bonito de Minas, e busca avaliar se o mesmo contribuiu para o aumento da renda familiar e para a igualdade de gênero, no caso das mulheres beneficiárias do programa. Cabe ressaltar que não se pretende analisar profundamente todas as questões que perpassam O programa Bolsa Família, mas sim um ponto delas: as consequências de tal programa frente o possível emponderamento da mulher e consequentemente a igualdade de gênero. Para tanto, por meio da pesquisa bibliográfica (analise documental) baseada em Vitale(2005), Holanda(2013) e Carvalho (2007), que discutem a temática de gênero e suas particularidades, utilizamos como técnicas de coleta de dados a aplicação de questionários e realizamos 05 (cinco) entrevistas semi-estruturada. Como resultado o estudo revelou que o Programa Bolsa Família impactou no emponderamento das mulheres beneficiárias do município de Bonito de Minas.A mulher bonitense se sente mais valorizada, reconhecida, empoderada. fato, ao quais todas as entrevistadas evidenciaram com muito orgulho a importância do PBF em suas vidas, entendem como uma conquista por direitos. Direitos esses, que fazem com que tais mulheres se sintam um pouco mais protagonistas da sua própria história, não obstante o reconhecimento que as dificiuldades estruturais como adesigualdade econômica, o machismo e o sexismo permaneçam operando em suas vidas, e sendo motivo de constantes conflitos a serem cotidianamente superados.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2014.
Aparece na Coleção:Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_MarciaReginaCarneioLeite.pdf680.68 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons