Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/12871
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_ MaraCristinaSallesCorreia.pdf953,11 kBAdobe PDFver/abrir
Título: O Plano Nacional do Livro e Leitura e a visibilidade da produção de conhecimento literário por mulheres
Autor(es): Correia, Mara Cristina Salles
Orientador(es): Paz, Cláudia Denís Alves da
Assunto: Mulheres na literatura
Gênero - desigualdade
Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL)
Escritoras
Data de apresentação: 28-Jun-2014
Data de publicação: 13-Abr-2016
Referência: CORREIA, Mara Cristina Salles. O Plano Nacional do Livro e Leitura e a visibilidade da produção de conhecimento literário por mulheres. 2014. 64 f., il. Monografia (Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: A presente pesquisa analisa se existe a ocorrência da desigualdade de gênero, com relação à produção de conhecimento registrado, do tipo literário, na implementação da ação de número 26, o projeto “Caravana de Escritores” do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL), que incentiva a visibilidade da produção de conhecimento literário. Constata-se, historicamente, que as mulheres foram invisibilizadas quanto ao registro do conhecimento produzido por/sobre mulheres e tal assunto tem sido estudado com atenção pela academia. Utiliza-se aqui a metodologia da revisão bibliográfica, contemplando a violência simbólica, a invisibilidade da mulher no decorrer da história e o PNLL. A pesquisa realiza a compilação de dados da relação de escritores que participaram do projeto Caravana de Escritores, relação esta emitida pela Fundação Biblioteca Nacional (FBN), e a compilação de dados do censo escolar referente ao ensino médio, ao ensino profissionalizante e à educação superior, emitida pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) com a realização de pesquisa descritiva. Este trabalho identifica que de fato ocorre a desigualdade de gênero com relação à visibilidade da produção de conhecimento literário, na implementação do projeto Caravana de Escritores, do PNLL, e que tal situação também se repete em outros cenários. Percebe-se que é necessária à implantação de políticas públicas que favoreçam, de um modo geral, a visibilidade da produção de conhecimento por mulheres e a identificação dos fatores que impedem e que propiciem essa visibilidade. É importante que as instituições de ensino estimulem a produção de conhecimento por mulheres. O projeto Caravana de Escritores ocorreu no período de 2012-2013 e até momento foi a sua única etapa. É imprescindível que a implementação da ação continue sendo realizada para promover a visibilidade da produção intelectual das mulheres. Foi identificado que os sistemas de informação não dispõem da informação por gênero concernente à produção de conhecimento dos escritores. Essa informação deve constar em tais sistemas com o propósito de possibilitar a análise de ocorrência da desigualdade de gênero.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2014.
Aparece na Coleção:Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.