Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/12803
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_HellenVilelaFerreira.pdf577,99 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Escolhi a educação porque acredito : emancipação em escolas tradicionais
Autor(es): Ferreira, Hellen Vilela
Orientador(es): Rodrigues, Maria Alexandra Militão
Assunto: Escolas alternativas
Escolas tradicionais
Educação emancipadora
Professores democráticos
Professores - prática profissional
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 7-Abr-2016
Referência: FERREIRA, Hellen Vilela. Escolhi a educação porque acredito: emancipação em escolas tradicionais. 2015. 84 f., il. Monografia (Licenciatura em Pedagogia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: O trabalho aborda a possibilidade de ser um educador emancipador dentro de uma instituição de ensino tradicional. Para tanto, iniciamos analisando a instituição escolar tradicional e, logo após, fizemos o contraponto com escolas consideradas alternativas, especialmente expondo alguns aspectos: a visão do papel professor,do aluno, currículo, disciplina e avaliação. Para demonstrar essa possibilidade, observamos dois educadores emancipadores e relatamos alguns episódios dessa vivência analisados à luz da teoria, em especial da contraposição entre os dois paradigmas aqui visitados, o racional-tecnocrático, que impera na escola tradicional, e o sistêmico, que acreditamos servir de base para mudança na a educação. Para tanto utilizaremos como referência autores que se afinizam com a proposta aqui apresentada, como Antônio da Costa Neto, José Pacheco e Lauro de Oliveira Lima.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2015.
Aparece na Coleção:Pedagogia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons