Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/12797
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_BarbaradePaduaGontijo.pdf326,9 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Leite derramado : trata-se, ainda, de realismo?
Autor(es): Gontijo, Bárbara de Pádua
Orientador(es): Corrêa, Ana Laura dos Reis
Assunto: Literatura brasileira
Assis, Machado de, 1839-1908
Memórias Póstumas de Brás Cubas
Realismo na literatura
Literatura comparada
Data de apresentação: 3-Jul-2015
Data de publicação: 7-Abr-2016
Referência: GONTIJO, Bárbara de Pádua. Leite derramado: trata-se, ainda, de realismo? 2015. 48 f. Monografia (Licenciatura em Letras Português)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: O presente trabalho objetiva analisar o romance Leite derramado (2009), de Chico Buarque, a partir da crítica literária dialética de György Lukács. Buscamos, então, exemplificar e analisar, na obra, o recurso àtipicidade – constatando o realismo como método; aquele que tem como objetivo e desafio refletir a realidade criando um mundo àparte no qual aparência e essência sejam uma unidade. Por fim, faz-se um breve quadro comparativo com a obra Memórias póstumas de Brás Cubas (2014), de Machado de Assis, na qual a tipicidade éo elo de comparação. ___________________________________________________________________________ ABSTRACT
This paper aims at analysing Chico Buarque’s novel Leitederramado1 (2009) on the grounds of the literary dialectictal theory from György Lukács. Thus there will be provided examples and analysis of the types established by Lukacs–taking the realism as a method. To take it as a method means to have the goal and the challenge to reflectthe reality, creating its own world in which appearance and essence form a unit. At last there will be a short comparative table between the novel and MemóriasPóstumas de BrásCubas2(2014), from Machado de Assis. The link of comparison between the pieces will be the types.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2015.
Aparece na Coleção:Letras - Português



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons