Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/12728
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_JoaoPauloVazMendes.pdf456,41 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Rousseau e Guaman Poma de Ayala : a diferença entre pensamento tradicional e decolonial na análise da sociedade e em sua determinação normativa
Autor(es): Mendes, João Paulo Vaz
Orientador(es): Chaves, Pablo Holmes
Assunto: Rousseau, Jean-Jacques, 1712-1778
Poma de Ayala, Felipe Guamán, 1534-1615
Teoria política moderna
Política
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 31-Mar-2016
Referência: MENDES, João Paulo Vaz. Rousseau e Guaman Poma de Ayala: a diferença entre pensamento tradicional e decolonial na análise da sociedade e em sua determinação normativa. 2015. 45 f. Monografia (Bacharelado em Ciência Política)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: O presente trabalho desta monografia visa se observar as diferenças entre Jean-Jacques Rousseau e Felipe Guaman Poma de Ayala em relação às suas teorizações da sociedade ideal e suas críticas a sociedade moderna em que se encontram. A partir da análise dos escritos de cada autor se percebe a diferenciação que a perspectiva política e geográfica dos autores e como estas são absorvidas em suas reflexões políticas. __________________________________________________________________________ ABSTRACT
The current work of this monograph tries to notice the differences between Jean-Jacques Rousseau and Felipe Guaman Poma de Ayala related to their theorizing of an ideal society ans its critics to modern society that they found themselves. From the analysis of each author writings it is perceived the difference that the geographical and political perspective from authors and how these are absorbed at political reflections.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, 2015.
Aparece na Coleção:Ciência Política - Graduação



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons