Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/12712
Título: Gestão de estoques : estudo de caso em uma indústria de lubrificantes norte-americana
Autor(es): Paulino, Jonathan Ribeiro
Orientador(es): Affonso Neto, Annibal
Assunto: Gestão de estoque
Controle de estoque
Data de apresentação: 17-Jul-2015
Data de publicação: 31-Mar-2016
Referência: PAULINO, Jonathan Ribeiro. Gestão de estoques: estudo de caso em uma indústria de lubrificantes norte-americana. 2015. ix, 57 f., il. Monografia (Bacharelado em Engenharia de Produção)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Para se aumentar a competitividade em sistemas produtivos diversas organizações buscam o completo gerenciamento de sua cadeia de suprimentos. Incluída no escopo da logística integrada, a gestão de estoques é uma das atividades fundamentais para garantir o fluxo de materiais nos arranjos de produção. Além disso, os estoques são investimentos que fazem parte da composição do capital da empresa, devendo ser administrados com prudência. Neste trabalho, procura-se analisar como essa gestão deve ser feita em indústrias de processamento de lubrificantes. Avalia-se, dentre outros fatores, o planejamento e o monitoramento dos estoques, identificando-se as práticas da empresa através de um estudo de caso. A análise dos dados conclui que há necessidade de se definir e controlar as informações sobre o nível de estoques, identificando quando e quanto manter em inventário. Essas decisões garantem a capacidade de atendimento das necessidades dos clientes e a eficiência do sistema produtivo, fatores determinantes para a existência de pequenas empresas. O resultado do estudo demonstra que com a implementação de uma política de estoques adequada, o objeto do estudo de caso poderá perceber uma diminuição nos níveis de estoque e, consequentemente, redução dos custos da administração dos materiais, proporcionando vantagem competitiva e equilíbrio econômico. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
To increase competitiveness in their production systems several organizations seek for supply chain management. Included in the scope of integrated logistics, inventory management is one of the key activities to ensure the flow of materials in manufacturing. Inventory is an investment that is part of the capital shares, and should be administered with caution. In this paper, the author tries to analyze how this management should be in lubricants processing industries. It is analyzed, among other factors, the planning and monitoring of inventories. A company's practices is identified through a case study. Data analysis concludes that it is necessary to define and control the information about the level of inventories, identifying when and how much to stock. These decisions ensure customer service needs are kept and the efficiency of the production system, determining factors for the existence of small businesses. The results shows that with the implementation of a suitable inventory policy, the business may experience a decrease in stock levels and hence reducing the costs of administration of the materials, providing competitive advantage and economic balance.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia de Produção, 2015.
Aparece na Coleção:Engenharia de Produção

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_JonathanRibeiroPaulino.pdf2,34 MBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons