Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/1237
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_LuizaMaiaVargas.pdf716,91 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Avaliação de necessidades de treinamento : o uso da metodologia de análise do papel ocupacional em empresa de pequeno porte
Autor(es): Vargas, Luiza Maia
Orientador(es): Meneses, Pedro Paulo Murce
Assunto: Administração de pessoal
Formação profissional
Desenvolvimento profissional
Data de apresentação: 31-Ago-2010
Data de publicação: 12-Nov-2010
Referência: VARGAS, Luiza Maia. Avaliação de necessidades de treinamento: o uso da metodologia de análise do papel ocupacional em empresa de pequeno porte. 2010. 112 f. Monografia (Bacharelado em Administração)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Resumo: Este trabalho teve por objetivo geral analisar se a metodologia de análise do papel ocupacional para avaliação de necessidades de treinamento é adequada para o uso em empresa de pequeno porte. A pesquisa foi realizada em uma empresa do setor varejista do Distrito Federal, integrante de uma rede nacional de franquia. Participaram da pesquisa os 13 funcionários que formam o quadro de pessoal da empresa. O estudo teve caráter exploratório e adotou as abordagens qualitativa e quantitativa de pesquisa. Foram utilizadas análise documental e a técnica de grupo focal na pesquisa qualitativa. Na pesquisa quantitativa, foi aplicado um questionário para avaliação das necessidades de treinamento, construído com base na metodologia de análise do papel ocupacional. Os dados foram analisados por meio do Statistical Package for Social Sciences (SPSS). Os resultados da pesquisa permitiram a identificação de uma lista de prioridades de treinamento para todos os cargos da empresa. Observou-se que apenas um procedimento descrito na metodologia de análise do papel ocupacional não se aplica a organizações de pequeno porte, por necessitar de um número maior de sujeitos. Trata-se de determinar, por meio de análises estatísticas, que características demográficas dos indivíduos são responsáveis pela importância e domínio atribuídos a cada habilidade. Essa foi a única limitação observada com relação ao uso dessa metodologia em empresa de pequeno porte. Ressalta-se, todavia, que a limitação encontrada não impossibilita o uso da metodologia nesse tipo de organização.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Administração, 2010.
Aparece na Coleção:Administração



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons