Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/12081
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_PriscilladaSilvaSilvériodosSantos.pdf1,63 MBAdobe PDFver/abrir
Título: Como a relação construída entre uma futura orientadora educacional e seus alunos influencia na construção do indivíduo a partir a afetividade
Autor(es): Santos, Priscilla da Silva Silvério dos
Orientador(es): Carvalho, Sônia Marise Salles
Assunto: Significação (Psicologia)
Orientação educacional
Afetividade
Professores e alunos
Data de apresentação: 30-Jun-2015
Data de publicação: 17-Fev-2016
Referência: SANTOS, Priscilla da Silva Silvério dos. Como a relação construída entre uma futura orientadora educacional e seus alunos influencia na construção do indivíduo a partir a afetividade. 2015. 72 f., il. Monografia (Licenciatura em Pedagogia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: O presente trabalho é uma análise feita por uma estudante de pedagogia em uma escola particular que teve como foco a análise das relações afetivas construídas entre a pesquisadora e os alunos para poder interpretar como tais relações construídas atuam pedagogicamente na constituição dos alunos como indivíduos e de que maneira isso leva a uma nova significação das práticas do orientador educacional na escola. A pesquisa empírica consistiu em entrevistas individuais com sete alunos escolhidos conforme o grau de proximidade com a pesquisadora; estruturada por oito perguntas. Foi possível identificar fatores paradoxais com relação a definição do trabalho do OE, de que maneira os alunos o percebem, qual a necessidade do diálogo e de que maneira se deu a emersão de um serviço paralelo ao do OE ao articular-se a construção do indivíduo através da afetividade. _________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study is an analysis by a pedagogy student in a private school which focused on the analysis of personal relationships built between the researcher and the students to be able to interpret as such built relationships act pedagogically in the formation of students as individuals and that way that leads to a new meaning of the practice of the guidance counselor at school. The empirical research consisted of individual interviews with seven students chosen according to the degree of proximity to the researcher; structured by eight questions. It was possible to identify paradoxical factors regarding the definition of OE's work, how students perceive, what is the need for dialogue and how occurred the emergence of a parallel service to the State Budget to coordinate the construction of the individual by affection.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2015.
Aparece na Coleção:Pedagogia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons