Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/1208
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_IngredCastroAlmeida.pdf469,38 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Satisfação e comprometimento das equipes de trabalho de uma penitenciária do Distrito Federal
Autor(es): Almeida, Ingred Castro de
Orientador(es): Faria, Maria de Fátima Bruno de
Assunto: Grupos de trabalho
Comprometimento organizacional
Satisfação no trabalho
Data de apresentação: 18-Dez-2009
Data de publicação: 5-Nov-2010
Referência: ALMEIDA, Ingred Castro de. Satisfação e comprometimento das equipes de trabalho de uma penitenciária do Distrito Federal. 2009. 52 f. Monografia (Bacharelado em Administração)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: O presente estudo tem como objetivo principal analisar os níveis de satisfação e comprometimento dos servidores de uma penitenciária do Distrito Federal em relação as suas equipes de trabalho. Para atingir tal objetivo, primeiramente apresentaram-se as origens do novo modelo de gestão que adota as equipes de trabalho como unidades de desempenho. Em seguida, foram apresentadas as definições sobre trabalho em equipes, onde se adotou a de Machado (1998) como princípio orientador deste trabalho e foram abordadas algumas definições sobre Satisfação e Comprometimento com a equipe e a relação com a efetividade da equipe. A presente pesquisa tem natureza quantitativa, descritiva e correlacional. Ela contou com a participação de 176 servidores, componentes de 17 equipes do expediente e das quatro do plantão da penitenciária. Os dados foram obtidos através de questionários aplicados com os servidores da organização (survey) onde o instrumento utilizado é composto pelas escalas que medem a satisfação e comprometimento com as equipes de trabalho, questões sócio-demográficas e uma questão aberta no final para observações por parte dos respondentes da pesquisa. Foram calculadas médias e desvio padrão dos fatores que compõem as duas escalas, assim como correlação de Pearson entre os fatores e as variáveis sócio-demograficas. Os resultados encontrados revelaram satisfação e comprometimento com a equipe por parte da maioria dos participantes. Já as correlações feitas entre os fatores estudados e as variáveis sócio-demográficas apontaram relações significativas entre estes fatores e as variáveis: sexo e regime de trabalho. Ou seja, as mulheres são menos satisfeitas e comprometidas com a equipe do que os homens; e os servidores do plantão também são mais satisfeitos e comprometidos com a equipe do que os do expediente. As observações feitas na questão aberta dos questionários indicam que fatores externos à equipe (como salário e reconhecimento do serviço) também influenciam nos níveis de Satisfação e Comprometimento com a equipe.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Administração, 2009.
Aparece na Coleção:Administração



Todos os itens na BDM estão protegidos por copyright. Todos os direitos reservados.