Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/12073
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_GiovannaPeixotoVicentini.pdf614,1 kBAdobe PDFver/abrir
Título: O barista no espaço das cafeterias : comunicação, trabalho e consumo
Autor(es): Vicentini, Giovanna Peixoto
Orientador(es): Silva, Fernanda Casagrande Martinelli Lima Granja Xavier da
Assunto: Barista
Café
Café - consumo
Cafeterias
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 16-Fev-2016
Referência: VICENTINI, Giovanna Peixoto. O barista no espaço das cafeterias: comunicação, trabalho e consumo. 2015. 75 f., il. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Comunicação Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Esta é uma pesquisa sobre a profissão de barista. No mercado de cafés especiais ele é um especialista que estuda a planta desde seu cultivo até a xícara de café e apresenta, sob uma perspectiva pedagógica, o universo dos cafés especiais aos frequentadores das cafeterias. O objetivo é analisar como o consumo do café se complexifica a partir da mediação do barista, refletindo sobre a construção social de significados em contextos de interação social que envolvem baristas, consumidores e, eventualmente, produtores de café. A metodologia combina uma pesquisa de campo de inspiração etnográfica em três cafeterias em Brasília voltadas ao mercado de cafés especiais e entrevistas em profundidade. Nesse percurso, alguns conceitos de Erving Goffman (2014) são centrais para refletir sobre o trabalho do barista e as interações que permeiam essa prática: 1) representação (presentation, no original em inglês) que, aqui, associa-se ao papel social desempenhado pelo barista em sua atuação diária na cafeteria, quando expõe suas técnicas e explica, desde sua perspectiva profissional, os significados do café para o público frequentador das cafeterias; 2) interação social, um conceito compreendido segundo Goffman, (2014), como a influência mútua e direta dos indivíduos sobre as ações uns dos outros; 3) estabelecimento social, que no contexto investigado refere-se ao espaço das cafeterias, onde os profissionais desempenham uma ação particular diante dos frequentadores a partir de significados construídos subjetivamente. ____________________________________________________________________________ ABSTRACT
This is a research about the barista profession. In the specialty coffee market he is an expert studying the plant from its cultivation to the cup of coffee and presents, from a pedagogical perspective, the world of specialty coffee to patrons of coffee shops. The aim is to analyze how coffee consumption becomes more complex from the barista mediation, reflecting on the social construction of meaning in social interaction contexts that involve baristas, consumers and eventually coffee producers. The methodology combines an research of field of ethnographic inspiration in three coffee shops in Brasilia focused on the specialty coffee market and in-depth interviews. Along the way, some concepts of Erving Goffman (2014) are central to reflect on the work of the barista and interactions that underlie this practice: 1) presentation, in the original on English, that, here, relates to the social role of the barista performed in its daily activities in the coffee shop, when exposes his techniques and explains, from its professional perspective, the meanings attached to coffee to the patrons of coffee shops; 2) social interaction, a concept understood from Goffman, (2014), as a mutual and direct influence of individuals on each other's actions; 3) social establishment, which in the context investigated refers to the space of the coffee shops, where professionals perform a particular action in front of the consumers based on the meanings built subjectively.
Informações adicionais: Trabalho de conclusão de curso (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Departamento de Audiovisuais e Publicidade, 2015.
Aparece na Coleção:Comunicação - Publicidade e Propaganda



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons