Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/11375
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_IsraelFerreiradosSantos.pdf472,64 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Religião & R.I. : a proteção internacional do DH fundamental de liberdade de religião e convicção e a defesa soft do governo brasileiro
Autor(es): Santos, Israel Ferreira dos
Orientador(es): Saraiva, José Flávio Sombra
Assunto: Direitos humanos
Relações internacionais
Liberdade religiosa
Religião
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 10-Nov-2015
Referência: SANTOS, Israel Ferreira dos. Religião & R.I.: a proteção internacional do DH fundamental de liberdade de religião e convicção e a defesa soft do governo brasileiro. 2015. [30] f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Este artigo tem como objetivo, em primeiro lugar, explorar as avenidas intersecionais entre Religião e Relações Internacionais. Em segundo lugar, apresenta a Liberdade de Religião ou Convicção como um dos direitos humanos mais fundamentais a serem protegidos. Em terceiro lugar, informa sobre as múltiplas formas em que este direito essencial está sendo, até hoje, grosseiramente violado. Finalmente, avalia en passant a promoção do direito em análise pelo governo brasileiro. Ele sugere, portanto, que quando é protegido internacionalmente pelo Ministério das Relações Exteriores, trata-se de uma defesa muito fraca, muito branda. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This article aims, first, to explore the intersected avenues of Religion and International Relations. Second, it introduces the Freedom of Religion or Belief as one of the most fundamental human rights to be ever protected. Third, it informs of the multiple ways in which this essential right is being, up to today, grossly violated. Finally, it evaluates en passant the promotion of the right in analysis by the Brazilian government. It thus suggests that when it´s protected internationally by the Foreign Office, it´s a very weak, too soft defence.
Informações adicionais: Trabalho de Conclusão de Curso (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, 2015.
Aparece na Coleção:Relações Internacionais - Especialização



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons