Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/11344
Título: Perfil sociodemográfico das mulheres atendidas no CAPS AD Guará
Autor(es): Leite, Ana Luiza Alves Rosa
Orientador(es): Costa, Ileno Izídio da
Assunto: Mulheres - dependência química
Mulheres - condições sociais
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 5-Nov-2015
Referência: LEITE, Ana Luiza Alves Rosa. Perfil sociodemográfico das mulheres atendidas no CAPS AD Guará. 2015. 59 f., il. Monografia (Especialização em Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Esta monografia apresenta um estudo sobre os dados sociodemográficos de mulheres dependentes químicas atendidas no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Outras Drogas do Guará. O estudo identificou e analisou o perfil das usuárias ativas no que se refere à idade, escolaridade, situação laboral, religião, local de moradia, estado civil, número de filhos, droga utilizada e forma de encaminhamento. Trata-se de um estudo descritivo-exploratório de abordagem quantitativa em fonte documental. Os dados foram coletados dos prontuários de 173 mulheres dentre os 1467 prontuários ativos de pacientes do sexo masculino e feminino do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas Guará. Constatou-se que 35,47% têm entre 31 a 40 anos; 37,79% são católicas; 29,32% têm apenas um filho; 42,44% estão desempregadas; 29,65% possuem ensino fundamental incompleto; 61,05% das mulheres atendidas chegaram ao tratamento por demanda espontânea; 48,84% moram no Guará; 59,30% das mulheres são solteiras; 58 72% das mulheres fazem uso de álcool e outras drogas; 32% das usuárias de álcool possuem ensino médio; 31,82% das usuárias de álcool e tabaco possuem o ensino fundamental incompleto; 57,14% das usuárias de psicotrópicos possuem ensino fundamental incompleto; 29,41% das usuárias de drogas, exceto álcool possuem ensino médio; 30,69% das usuárias de álcool e múltiplas drogas possuem ensino fundamental incompleto e 30,68% das usuárias de crack possuem ensino fundamental incompleto. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This monograph presents a study on the socio-demographic data of chemically dependent women seen at the Psychosocial Care Center Alcohol and Other Drugs of Guará. The study identified and analyzed the profile of active users in regard to age, education, employment status, religion, place of residence, marital status, number of children, drug use and types of assistance. This is a descriptive-exploratory study with a quantitative approach in documentary source. Data were collected from medical records of 173 women from 1467 active medical records of male and female patients of Guará's Psychosocial Care Center Alcohol and Other Drugs. It was found that 35.47% are between 31-40 years; 37.79% are Catholic; 29.32% have only one child; 42.44% are unemployed; 29.65% had not completed primary education; 61.05% of the attended women came to treatment by spontaneous demand; 48.84% live in Guará; 59.30% of the women are single; 58 72% of women use alcohol and other drugs; 32% of alcohol users have high school; 31.82% of alcohol and tobacco users have incomplete primary education; 57.14% of psychotropic users have incomplete primary education; 29.41% of drug users - except alcohol - have high school; 30.69% of alcohol users and multiple drugs had not completed primary school and 30.68% of crack users have incomplete primary education.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2015.
Aparece na Coleção:Saúde Mental Álcool e Outras Drogas

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_AnaLuizaAlvesRosaLeite.pdf1.08 MBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons