Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/11343
Título: A importância do primeiro emprego na vida dos adolescentes em situação de vulnerabilidade social
Outros títulos: The importance of the first job in the lives of adolescents in social vulnerability situation
Autor(es): Alves, Mary Nilce
Orientador(es): Costa, Ileno Izídio da
Assunto: Vulnerabilidade social
Ensino profissional
Adolescentes - trabalho
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 5-Nov-2015
Referência: ALVEZ, Mary Nilce. A importância do primeiro emprego na vida dos adolescentes em situação de vulnerabilidade social. 2015. [34] f. Monografia (Especialização em Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: As últimas décadas têm apresentado profundas transformações sociais, econômicas e culturais, afetando as rotinas produtivas e as relações sociais, comerciais e trabalhistas em todo o mundo. Este novo contexto é responsável pelas desigualdades sociais e a partir disto o campo das políticas públicas se apresentou como alternativas ao enfrentamento para o quadro de exclusão. A relação existente entre a dificuldade de inserção no mercado de trabalho e situações de vulnerabilidade social entre os jovens está ligada por elos maiores do que simplesmente empecilhos na obtenção de renda, havendo a compreensão de que o jovem e o adolescente necessitam de amparo e condições para quebrar estes elos. A metodologia utilizada foi revisão bibliográfica apresentando as discussões disponíveis acerca do tema e pesquisa de campo, a qual fez uso de questionário semi-estruturado junto a cinco adolescentes atendidos pela Instituição Fenações, em seu centro de ensino profissionalizante (CEP). Com base nestas considerações, este estudo vem demonstrar os problemas enfrentados pelos jovens em situação de vulnerabilidade social para a entrada no mercado de trabalho e algumas iniciativas vigentes em políticas públicas utilizadas para minimizá-las. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The last decades have shown profound social, economic and cultural transformations, affecting the productive routines and the social, commercial and labor relations worldwide. This new context is responsible for social inequalities and from this the field of public policies presented as alternatives to confrontation for the picture of exclusion. The relationship between the difficulty in entering the labor market and social situations of vulnerability among young people is on for longer links than just obstacles in obtaining income, with the understanding that young adolescents need support and conditions for break these chains. The methodology used was literature review presenting the discussions available on the subject and field research, which made use of semi-structured questionnaire with five adolescents treated by the Institution Fenações in his vocational training center (CEP). Based on these considerations, this study demonstrates the problems faced by young people in social vulnerability for entry into the labor market and some current initiatives in public policies used to minimize them.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2015.
Aparece na Coleção:Saúde Mental Álcool e Outras Drogas

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_MaryNilceAlves.pdf298.14 kBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons