Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/11312
Título: Reiki como uma estratégia de autocuidado e promoção de saúde integral : uma realidade para o trabalhador da saúde do Distrito Federal
Autor(es): Ferrer, Verônica Carneiro
Orientador(es): Costa, Ileno Izídio da
Assunto: Trabalhador - saúde
Reiki
Profissionais de saúde
Profissionais de saúde - promoção de saúde
Data de apresentação: 2015
Data de publicação: 29-Out-2015
Referência: FERRER, Verônica Carneiro. Reiki como uma estratégia de autocuidado e promoção de saúde integral: uma realidade para o trabalhador da saúde do Distrito Federal. 2015. 53 f., il. Monografia (Especialização em Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas)-Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: O Reiki é uma Prática Integrativa em Saúde (PIS) que significa “energia vital universal”, um método de cura natural que trabalha com o sistema de equilíbrio e harmonização da saúde física, mental, emocional, energética e espiritual, entendido como tecnologia que aborda a saúde do ser humano na sua multidimensionalidade. Na Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal está institucionalizado e vinculado à Gerência de Práticas Integrativas em Saúde. Tem como objetivo divulgar a PIS/Reiki como estratégia de promoção à saúde e incentivo ao autocuidado para os trabalhadores da saúde da SES/DF. Para este trabalho, usouse como metodologia um levantamento bibliográfico de artigos científicos em base de dados da Biblioteca Virtual em Saúde - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, no período de 2000 a 2014, com busca por descritores isolados e concatenados. Foram analisados 49 artigos e as publicações que atenderam os critérios de seleção compuseram-se em cinco artigos publicados relacionados à temática principal. Os resultados apontam os efeitos benéficos da prática do Reiki nas alterações físico, psíquica, emocional e nas relações de trabalho. Como conclusão infere-se que o levantamento bibliográfico apontou pela escassez de trabalhos acerca do tema investigado, em especial sob o enfoque da institucionalização do Reiki enquanto prática de cuidado, no cenário da saúde pública. Observou-se que há necessidade de fomentar desdobramentos, na área da saúde mental, sendo o cuidado eixo estruturante para melhorar o modo de ser-fazer-ter saúde tanto para os trabalhadores de saúde, quanto para usuários do sistema de saúde brasileiro. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Reiki is an Integrative Health Practice that means "universal life energy". It consists of a natural healing method that works with a system of balance and harmonization of physical, mental, emotional, energetic, and spiritual health. It is understood as a technology that addresses the health of the human being in its multidimensionality. The Brazilian Federal District’s State Department of Health (SES/DF in portuguese) is institutionalized and linked to the Management of Integrative Health Practice. The institution aims to disseminate the Reiki as a health promotion strategy, encouraging self-care for SES/DF’s workers. For this essay, a methodology was used with a bibliographical survey of scientific articles in the database of the Virtual Health Library/Latin American and Caribbean Literature in Health Sciences, from 2000 to 2014, with search for descriptors isolated and concatenated. 49 articles were analyzed and publications that met the selection criteria were made up of five published articles related to the main theme. The results show the beneficial effects of Reiki with physical, mental, and emotional changes, as well as in regards to work relationships. In conclusion it is inferred that the literature review indicates the lack of studies on the subject investigated, especially with a focus on Reiki’s institutionalization as care practice in the public health setting. It was observed that there is need to promote the development in the area of mental health, with caring as the structural axis to improve the be-do-have healthy system, for both Health workers and users of the Brazilian Health System.
Informações adicionais: Monografia (especialização)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2015.
Coorientador(es): Vieira, Ana Beatriz Duarte
Aparece na Coleção:Saúde Mental Álcool e Outras Drogas

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_VeronicaCarneiroFerrer.pdf1.02 MBAdobe PDFver/abrir


Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons