Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/10268
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_BrunaVenturelliMachado.pdf645,63 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Acesso à educação superior : o Sistema de Seleção Unificada como mecanismo de ingresso na Universidade de Brasília
Autor(es): Machado, Bruna Venturelli
Orientador(es): Pimentel, Nara Maria
Assunto: Ensino superior
Sistema de Seleção Unificada (SISU)
Universidades e faculdades - ingresso
Universidade de Brasília (UnB)
Data de apresentação: 4-Dez-2014
Data de publicação: 24-Abr-2015
Referência: MACHADO, Bruna Venturelli. Acesso à educação superior: o Sistema de Seleção Unificada como mecanismo de ingresso na Universidade de Brasília. 2014. 80 f., il. Monografia (Licenciatura em Pedagogia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: Este trabalho de conclusão de curso apresenta um estudo sobre o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), sistema informatizado gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), implementado em 2010. O SiSU seleciona alunos para Instituições Federais de Educação Superior (IFES) com base no desempenho dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A realidade desta forma de ingresso é trazida para o âmbito da Universidade de Brasília (UnB) que aderiu ao SiSU em 2013, realizando sua primeira seleção utilizando o Sistema no primeiro semestre de 2014. O objetivo deste trabalho é investigar de que maneira o Sistema de Seleção Unificada está sendo utilizado como instrumento seletivo na Universidade de Brasília, e também problematiza o fato de uma seleção unificada, baseada em um único exame nacional, em um país como o Brasil que apresenta grandes desigualdades sociais e educacionais. No trabalho é descrito ainda a adesão da Universidade de Brasília ao SiSU e como ocorreu a primeira seleção na UnB por meio da Seleção Unificada do MEC.
Abstract: This final paper presents a study on the Unified Selection System (SiSU,acronym in Portuguese), which is a computerized entrance system managed by the Ministry of Education (MEC, acronym in Portuguese) and was implemented in 2010. The SiSU selects students for the Federal Institutions of Higher Education (IFES, acronym in Portuguese) based on the candidates' performance in the National High School Exam (ENEM, acronym in Portuguese). The reality of this entrance selection is brought into the scope of the University of Brasilia (UnB, acronym in Portuguese) which adhered to the SiSU in 2013 and held its first selection using such system during the first term of 2014. The aim of this study is to investigate how the SiSU has been established as a public policy in the democratization of higher education access, while raising the issue of an unified selection entrance system applied in a country such as Brazil, which has registered different educational competences in its territory. Moreover, this paper describes the adherence of the University of Brasilia to the SiSU, and how the first selection occurred in the UnB applying the Unified Selection of MEC.
Informações adicionais: Monografia (graduação)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2014.
Aparece na Coleção:Pedagogia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons