Utilize este link para identificar ou citar este item: http://bdm.unb.br/handle/10483/10192
Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_LuisaMattosdaCosta.pdf707,33 kBAdobe PDFver/abrir
Título: Reflexões sobre a questão racial na educação infantil
Autor(es): Costa, Luisa Mattos da
Orientador(es): Filice, Renísia Cristina Garcia
Assunto: Educação de crianças
Relações étnico-raciais
Lei Diretrizes e Bases na Educação Infantil
Data de apresentação: 2014
Data de publicação: 10-Abr-2015
Referência: COSTA, Luisa Mattos da. Reflexões sobre a questão racial na educação infantil. 2014. 68 f., il. Monografia (Licenciatura em Pedagogia)–Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: Este trabalho tem por objetivo analisar as práticas pedagógicas em um Jardim de infância e avaliar a implementação do artigo 26A Lei Diretrizes e Bases na Educação Infantil. Neste estudo, discorro sobre a possibilidade da Educação Infantil se tornar um espaço que colabore para vivência do bem estar e da diversidade e, em especial, para a boa vivência no campo da educação das relações étnico-raciais. Com base na participação de todas as etapas dos Projetos curriculares do curso de Pedagogia da Universidade de Brasília, no relatório acadêmico de abordagem qualitativa e nas observações participantes que realizei no Jardim de Infâmcia Princesa Aqualtune, por aproximamente dois semestres, observei e avaliei as práticas pedagógicas pertinentes à educação infantil, tentando perceber o cuidado a questão racial à luz das Legislações que visam a garantia da Educação para Relações Étnico-raciais (ERER) e as Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil, entretanto, apesar dos esforços positivos para a Lei nº 10.639 seja efetivamente cumprida, as práticas pedagógicas voltadas para esse objetivo ainda necessitam uma formulação cuidadosa e uma atenção especial por parte do corpo educativo.
Informações adicionais: Monografia (graduação)–Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2014.
Aparece na Coleção:Pedagogia



Este item está licenciado na Licença Creative Commons Creative Commons